31 de mai de 2009 10 comentários

Tentando sair da mesmice

Sonhos eróticos... ultimamente tenho tido varios, ma sinfelizmente a gente nao escolhe o que sonhar nem com quem sonhar...
Ontem até tava melhor inspirado pra postar alguma coisa, mas um amigo me segurou na conversa, e acabamos ficando até umas 3 conversando. Na verdade era amigo do Breno, e sempre desconfiei que ele fosse bi, mas nao vem ao caso (por enquanto).
Demorei um pouco pra postar por eu tava sem inspiração, sem assunto, e não sabia sobre o que falar. E também não sabia como tornar interessante o meu entediante cotidiano nesses ultimos dias.
Ando num estado de nervos por conta dessa espera pra começar essa fase nova em Belo Horizonte. Fico bastante ansioso, pra começar algo novo, mas essa demora faz a minha impaciência ariana aflorar. Fico sem saber o que fazer, to cansado de ficar econonizando dinheiro aqui pra nao passar necessidades lá...
Na semana passada tentei chamar o pessoal pra irmos pra casa da Lê, pois ela iria ficar sozinha, e tava com vontade de encontrar com o pessoal. Acabei q fui só eu mesmo pra lá... levei meu video game e as minhas revistas eróticas pois a Lê me disse que gostaria de vê-las. Fui, jogamos um pouco, nos divertimos bastante, e na hora de voltar o maldito do motorista do ônibus não me parou no ponto, e era último horário. Até conseguir encontrar um moto taxi as 11 Hs de domingo foi dificil, mas cheguei em casa inteiro (congelado de frio, mas inteiro).
Ontem fui dar uma volta no centro, e ela me chamou pra gente sair pra tomar uma cerveja. Fomos pra um bar que costumamos ir, mas estava fechado. No da frente, só homem assistindo futebol: sem chance. No seguinte, proibido fumar: sem chance também. Fomos pro shopping: fechado também... DE QUE ADIANTA UM SHOPPING SE A PRAÇA DE ALIMENTAÇÃOTA FECHADA? Dai conseguimos falar com o Cássio (o dono da casa em que ocorreu o episódio choque de realidade) e enquanto ele descia até o shopping pra irmos pra casa dela, ela acabou me contando algumas fofocas: que outro dia tinha ficado com o Cássio (eles ja namoraram) pois estava bêbada. E que mesmo antes de namorar com o Cássio ela sempre foi afim de outro camarada nosso. Respondi pra ela brincando, a mesma coisa que ela me disse quando eu contei sobre minha sexualidade: "Já imaginava mesmo... Agora conta uma novidade!" ela queria me bater mas ficamos rindo e o Cássio apareceu.
Ficamos bebendo até uma meia noite e pouco, e vim pra casa. Ultimamente os amigos tem sido uma ótima maneira de esquecer dessa minha carência, e a Lê nesses ultimos dias ta sendo uma companhia muito agradável.

Cheguei em casa esperando encontrar o Júlio online. Não cheguei a mencionar nada sobre ele antes pois não achava que fosse rolar nada. Mas conheci o Júlio na net, chegamos a estudar na mesma escola, e na sexta feira tivemos uma conversa bem picante. Se não fosse a iminência da minha ida pra BH, eu acho que valeria a pena investir em um relacionamento com ele.
A gente tem se falado ja faz umas 3 semanas +/-, e sempre uma conversa agradável, mas como ele estava com dor de garganta, não me propus a nos conhecermos pessoalmente. Até porque eu não achava que ele estava interessado em mim como eu estou por ele... mas me enganei na sexta feira.
Disse a ele que lamentava não ter o conhecido antes, e ele disse que a culpa era minha. Perguntei o que poderia fazer pra me redimir, e ele disse que ia pensar. Disse que iria ao banheiro, e quanso voltei ele me perguntou se havia lavado as mãos, disse que sim, e que também estava com a boca limpa (risos). Disse a ele que sabia como me redimir: que tava morrendo de vontade de beijar aquela boca linda dele. Nisso ele admitiu que havia ficado excitado. Como ele estava no trabalho falei que eu iria parar pois poderia causar algum problema pra ele, e ele me pediu pra não parar, pois ele tava gostando...
E por ai fomos conversando, dizendo o que um tinha vontade de fazer com o outro. Na sexta a noite quando ele entrou no msn me disse: "Oi mor!". Me senti bem em saber que ele ta me curtindo, mas fiquei meio pra baixo com a minha breve partida pra BH.
Ele sabe que em breve eu posso estar partindo, e eu adoraria ficar com ele, mas eu quero evitar me encolver mais do que gostaria... Não gostaria de saber que ele ficaria mal com a minha partida, e eu também não quero ficar mal por estar longe dele. Mas confesso a vocês meus amigos leitores: gostaria de estar com ele pelo menos uma vez.
Acho que esses sonhos eróticos devem ser por causa dessa minha abstinência, afinal desde que o Breno terminou comigo que não sei o que significa sexo.
E falando em Breno, estamos bem, continuamos conversando, e ele me contou que não ta querendo ver o tal do "Gu" nem pintado (conto com mais detalhes em outro tópico).

Por enquanto é isso mesmo, mais a noite vou retribuir os selos que recebi para o meu blog.
Beijos e abraços a todos, e uma ótima semana pra vocês.

PS.:Hoje não vou colocar fotos. Ninguém comenta mesmo...
29 de mai de 2009 5 comentários

Selos e mais selos

Salve, salve Amigos leitores!

Andei um pouco sumido do blog esses dias, mas to preparando o próximo post.
Enquanto isso, recebi do Jason do blog Ká entre nós, um selo: o "Master blog". E nessas minhas idas e vindas de layout acabei perdendo o selo "Seu blog é ROXIE!" que ganhei do mariposo do blog Par de Dois.

Quando eu era mais novo tinha uma coleção de selos, mas sem grande importância, acabei perdendo todos os selos quando reformamos aqui em casa. Mas nunca é tarde pra recomeçar...


Quanto aos selos, como tem suas regrinhas vamos a elas:

SEU BLOG É ROXIE!



I- Exibir a imagem do selo Seu blog é ROXIE!

II- Colocar o link de quem indicou o selo a você : http://pardedois.blogspot.com/

III- Escrever 5 coisas que são ROXIE...
Sobre música:
Audioslave, Jota Quest, Ana Carolina, U2, e Coldplay

Sobre televisão e cinema:
Programa do Jô, Toma lá da cá, V de vingança(filme), O senhor dos anéis(trilogia), e Jornal Nacional

Sobre países que gostaria de conhecer:
França, Austrália, Itália, Japão, e Brasil (e pq nao?)

Sobre cores favoritas:
Azul (pode ser 5 tonalidades da mesma cor? kkk), Verde, Branco, Vermelho e Preto.

Sobre hobbies:
Ler alguns bons livros, Jogar Videogames, Colecionar (e cuidar) das minhas musicas em MP3, como ja disse colecionei selos, e tb notas e moedas.

IV- Indicar 5 blogs que você ache ROXIE:
Ká entre nós http://toaquivocetambem.blogspot.com/
Eis minha vida http://cobwear.blogspot.com/
Sexo(gay) e a Cidade(pequena) http://primodointerior.blogspot.com/
Meus Extremos http://meuextremo.blogspot.com/
Aventuras e Desventuras de um Bissexual http://aventurasdeumbissexual.blogspot.com/


V- Avisar as pessoas que você indicou deixando comentários nos blogs delas.


SELO MASTERBLOG



São apenas 5 regras básicas a serem cumpridas.
1. Colocar no início de seu post o nome do Blog que te indicou ao prêmio.
2. Escrever uma mesagem de agradecimento ao Blogueiro que te indicou.
3. Postar o selo
4. Abaixo do selo descrever 5 características sua.
5. Indicar o prêmio a 5 ou mais blogs para receber o selo (Não indicar um blog já indicado).

Par de Dois http://pardedois.blogspot.com/
Eis minha vida http://cobwear.blogspot.com/
Sexo(gay) e a Cidade(pequena) http://primodointerior.blogspot.com/
Meus Extremos http://meuextremo.blogspot.com/
Aventuras e Desventuras de um Bissexual http://aventurasdeumbissexual.blogspot.com/

Espero que os premiados gostem dos selinhos!
Beijos a todos e até o próixmo post!
18 de mai de 2009 12 comentários

Quanto vale o ser humano?

Ainda bem que resolvi não postar isso ontem a noite, tava vendo que não iria conseguir escrever nada de interessante, conteudo apenas ofensivo, e iria me aborrecer quando fosse lê-lo novamente.
Mas enfim, nada como um dia após o outro, e uma noite de sono no meio deles. Acabei dormindo muito nervoso ontem, e confesso que foi o mais próximo de chorar que consegui desde o meu "presente" de aniversário.
A semana que passou tinha tudo pra ser uma semana perfeita, apesar de ainda não ter ficado em Belo Horizonte, fiquei bem em rever os meus amigos (especialmente a cara da Lê quando passei em frente a loja). Na sexa feira acabamos tomando umas cervejas, e no sabado, um amigo de faculdade veio pra minha city pra que eu pudesse ensinar algumas coisas do sistema que eu tava trabalhando, fiquei surpreso por ele ter aparecido. Esse meu amigo foi o primeiro cara que eu fui afim, e acabei contando pra ele sobre isso. Mas isso faz uns 5 anos. E me estrepei também porque ele é hetero, mas nao é sobre ele o foco do post de hoje. Voltando ao assunto: Expliquei pra ele alguns conceitos sobre os módulos, mas só teoria pois estou sem o sistema instalado aqui.
Depois fomos dar uma volta, e falei com ele se a gente podia encontrar com a Lê, e acabamos indo jogar baralho com ela e uma outra amiga. Demos uma surra nelas no baralho. No domingo antes do meu amigo ir ficamos conversando um pouco, e ele sabia do meu ex namorado, e disse pra eu ficar tranquilo com relação a isso pois em BH provavelmente encontraria alguem interessante.
Depois que ele foi embora, o Breno (meu ex) resolveu aparecer no msn. Já tá de rolo novo, e o cara realmente é L-I-N-D-O! E muito bem de vida. Disse que ele tinha acabado de chegar do estágio e que o rolo dele foi buscá-lo numa S10, cabine dupla, e acabaram pegando um motel.
Nessa conversa pude perceber várias contradições no que o Breno me falava:

  • O Breno me disse estar de boa com relação a se envolver, mas ja é o segundo cara com quem ele fica desde que a gente terminou.
  • Disse que o cara não ligava muito pra sexo, mas acabou indo com ele pra um motel (imagina se gostasse)
  • Disse que não ta afim do cara, mas falava bastante dele.
Um pouco mais adiante na conversa acabei falando pra ele em breve eu teria condições de me dar alguns luxos. Falei sem pensar, e ele acabou se sentindo ofendido, como se o estivesse chamando de interesseiro. Ele me disse que esses dois anos nãodevem ter sido o suficiente pra conhecê-lo pois se ele ligasse apenas pra conta bancária ele não teria me namorado pois fiquei quase um ano desempregado enquanto a gente tava juntos. Acabei conseguindo evitar discussões, pois disse que sempre quiz fazer pra ele alguns agrados, como sair pra uma balada, pra algum barzinho, show,ou até mesmo ir pra ele num motel (pois nesses dois anos juntos, nunca fomos a motel por falta de carro). Ele me disse que preferia mil vezes sair comigo a pé tomando chuva do que sair por ai andando de S10 com o tal do "Gu". Acabei conseguindo evitar uma discussão, pois por mais que estivesse mal com o que ele me contou, não consegui sentir raiva dele, e que ele realmente deve gostar de mim de verdade, mesmo sendo esse pobretão.
Acabei ficando com raiva de mim, fiquei estressado o resto do domingo. Não sei se foi só o ciumes, se foi insegurança, se foi despeito (afinal ele ja pegou dois, e eu só levando ferro.E o que é pior: não é no bom sentido). Não imaginava que um fim de relacionamento pudesse ser assim tão dificil. Dizem que EX bom é EX morto, mas não to com raiva dele, afinal ele ta seguindo a vida dele, e eu ainda não to conseguindo seguir a minha como gostaria.
Espero que na capital consiga encontrar alguem interessante, mas se bem que as vezes penso que vale mais a pena aproveitar a condição de solteiro. Querendo ou não se aqui ja estava dificil manter o meu namoro, imagina em BH...
Infelizmente nesse mundo a gente sempre quer ter algum conforto, ter condições financeiras, e sentir segurança no final do mês. Espero que nessa nova fase acabe conseguindo me adaptar com facilidade ao trabalho novo, à cidade nova, as amizades novas, e com a falta das antigas.
Vamos ver o que me aguarda nos próximos capítulos, mas confesso que como típico ariano não gosto de ficar sentado esperando que as coisas se ajeitem. "Quem sabe faz a hora, não espera acontecer." e espero que aconteçam em breve.
Beijos pra quem é de beijo, abraços pra quem é de abraços e os dois pra quem é de bom gosto!







14 de mai de 2009 2 comentários

Muito barulho por (quase) nada

Era horário de almoço, e bem na mesa da frente se encontrava um verdadeiro deus grego. Aproximadamente a minha altura, um cabelo castanho cacheado passando da hora de cortar, mas muito bem arrumado, ondulado. Usava uma blusa preta, e uma camiseta verde por baixo, aparentando esconder um corpo lindo, e provavelmente um lindo abdomen de tanquinho. A calça Jeans com bolso em uma das pernas. E que pernas... Um rosto angular, com aqueles olhos castanho médio, uma boca perfeita. Nesse momento trazia um garfo bem servido com macarrão. Como desejei que a outra ponta do macarrão estivesse no meu garfo, pra repetir a cena clássica de "A dama e o vagabundo". Uma boca linda, com uma barba por fazer, que seria capaz de me deixar completamente embriagado nos beijos. Após comer o macarrão, uma nova garfada na salada, um pedaço de palmito. Qual seria o tamanho do palmito dessa divindade? (OMG! Quanta pornografia)

Me trazendo de volta a realidade, minha mãe me pergunta alguma coisa qualquer, e eu luto pra disfarçar minha breve viagem do Olimpo de volta ao mundo mortal. Estava de volta a praça de alimentação daquele Shopping. Onde será meu novo local de trabalho. A semana foi bastante corrida... Desde a quarta feira da semana anterior, que fui convocado pro meu novo emprego que passei por uma correria imensa. Uma bateria de exames admissionais, exame demissional, correria em fóruns, cartórios e médicos pra poder terminar a parte burocrática dessa mudança de fase.
Na segunda feira, no ministério do trabalho o cara da contabilidade, que iria comigo fazer a minha rescisão era um cara com quem ja havia ficado antes. Ficado não... foi a primeira vez que passei a noite com um cara. Estava até bem apresentavel, se percebesse que rolaria alguma coisa de novo, não desperdiçaria. Mas não rolou, ele lembrou de mim, foi bastante simpático, conversou numa boa, mas não tocou no assunto. O melhor foi a reação da Lê, que havia ido comigo ao ministério, que eu ja tinha ficado com ele: "Bem que eu vi mesmo que ele tava te medindo de cima abaixo... É Arcanjo, vc realmente sempre com bom gosto..."
Terça feira depois do ultimo exame não consegui ligar em BH pra obter mais informações sobre minha ida, então fui arrumar as minhas coisas, preparar a mala com as roupas novas pra viagem na quarta de manhã...
Que viagem cansativa... Se ao menos o aeroporto daqui funcionasse... meia hora estava lá...
Mas enfim cheguei a Belo Horizonte, compareci ao meu futuro ambiente de trabalho, e fui elogiado pelo entusiasmo demonstrado, mas nesse dia iria apenas realizar mais um exame. Me falaram que vou passar por um treinamento, mas QUE NÃO SERIA IMEDIATO. Traduzindo: Corri como um louco uma semana inteira, achando que já fosse começar o trabalho, mas fui apenas pra fazer o exame.
Mas foi bom conhecer (?) um pouco de Belo Horizonte, apesar de nos perdermos pra voltar pra minha cidade. Já deu pra ter uma ideia do que vou passar, e consegui ter uma certeza: EU VOU ADORAR!

PS.: MALDITO CELULAR QUE NÃO TIRA FOTOS!!!!






7 de mai de 2009 4 comentários

Arrumando malas

"Cuidado com aquilo que deseja. Você pode conseguir" - Ditado popular.

Arcanjo havia acordado atrasado. Ligou no seu emprego, e inventou uma desculpa qualquer pra não levar puxão de orelha pelo atraso. "Porra, não to afim de levar bronca por chegar atrasado. Desde semana passada num tem merda nenhuma pra fazer, e se for pra ficar a toa, HOJE eu vou ficar a toa em casa mesmo." pensou o arcanjo.
Avisou seus pais que ja havia ligado no seu emprego e que ficaria em casa descansando hoje. Na noite anterior, ele havia falado com seus pais, e como havia verificado sobre o andamento das convocações, que faltavam apenas três pessoas pra ser chamado, Arcanjo havia comunicado seus pais que iria pedir um acordo pra que fosse mandado embora. Queria descansar nesse meio tempo, pagar a auto escola, caminhar na parte da tarde, enfim... Deixar o emprego que a tanto tempo o aborrecia. A crise fez os clientes diminuirem as alocações, e como ainda não havia feito nenhuma visita faturada, as chances do Arcanjo de visitar clientes, e finalmente passar a ganhar um extra tinham ido por água abaixo. Era hora de abandonar o navio.
Dormiu até mais tarde, assistiu uns desenhos animados, e foi almoçar. Como era bom almoçar em casa! Nada de esperar com fome até que seu pai fosse levar a mãe do Arcanjo na escola, pra poder receber sua marmita. Seus pais foram pro trabalho, e seu irmão havia saido. Estava sozinho em casa, e o telefone começou a tocar: "não vou atender, se for pra falar com meus pais, que liguem no celular. Até porque não to com paciência pra explicar o que estaria fazendo em casa uma hora dessas." pensou. O telefone tocou novamente, e outra vez. Se tocasse de novo ele iria atender, mas dessa vez foi seu celular quem tocou. Numero desconhecido, e prefixo de Belo Horizonte. "Deve ser da minha operadora... Se for sobre a conta, ja ta paga mesmo" ledo engano. Do outro lado da linha um tal de Renato gostaria de falar com o Arcanjo. Disse que era da Agência de Belo Horizonte, e que estava convocando o Arcanjo pra assumir o cargo do concurso que havia passado, e que ele iria entrar em contato com a agência da cidade do Arcanjo, e que iria ligar novamente informando quem ele deveria procurar.
O jovem Arcanjo ficou pasmo... De tão surpreso que havia ficado com a novidade, acabou não conseguindo prestar muita atenção no que Renato lhe dizia. Esperava que fosse levar pelo menos mais uns dois meses até ser chamado, mas lhe ligaram no dia em que havia finalmente decidido abandonar seu emprego atual. E berrava de alegria, não se importava o que os outros na rua fossem pensar. Ligou pra sua mãe, contou-lhe a noticia, e em seguida ligou pro seu ex namorado. Apesar de estarem separados, ainda mantinham contato, e Breno sempre torceu pra que o Arcanjo fosse convocado logo. E o seu telefone toca novamente. Dessa vez era uma moça chamada Janaina. Pediu que o Arcanjo procurasse por uma mulher chamada Rita, na agência de sua cidade pra que pudesse dar inicio na parte burocrática. Desceu como uma bala até o centro e procurou a tal Rita. Ela estava um pouco ocupada, mas depois de uns cinco minutos sem falar com o Arcanjo, Rita lhe entregou alguns documentos, pediu que fosse marcar os exames, e sorrindo lhe desejou boa sorte.
Ligou para sua mãe, e contou como foi ao banco, e, ainda atordoado, perguntou pra sua mãe sobre o que deveria fazer com seu atual emprego, ela disse que fosse na empresa e que fosse comunicar de sua saida.
Chegando na empresa, cumprimentou alguns dos seus colegas, e procurou seu chefe. Havia pensado em várias desculpas pra justificar a sua demissão, mas acabou explicando tudo, e decidiu que esse seria o melhor motivo. Seu chefe também disse que havia exercido essa função, falou que precisaria falar com o contador, com relação a rescisao, fundo de garantia, etc. Desejou lhe boa sorte nessa nova fase. O Arcanjo saiu e comunicou seus colegas de trabalho, que também lhe desejaram boa sorte, e até marcaram um churrasco no apartamento que ele nem tinha ainda. Sentia se explêndido. Sua auto estuma estava nas alturas. Foi embora pra casa, marcou os exames, sendo que três dele seriam na sexta feira, e marcaria o outro no dia seguinte. Contou com mais detalhes aos seus pais o que havia sido limitado a contar pelo telefone.
Teve uma noite de sono boa, apesar de ter tido sonhos estranhos. No dia seguinte, voltou no seu trabalho pra buscar suas coisas, e foi marcar o exame que lhe faltava. Enquanto ia para o consultório, Janaina da agência de Belo Horizonte o ligou novemente, perguntando sobre o andamento dos documentos. Informou a Janaina que ja havia marcado os exames, e que estava a caminho de marcar o que faltava. Janaina pediu que o Arcanjo comparecesse na agência de Belo Horizonte até no máximo na quarta feira. Agradeceu as informações, e seguiu para o consultório. No consultório, pediu pra marcar o exame, e a secretária pediu que o Arcanjo voltasse na quarta. "Desculpa moça, mas eu preciso estar em Belo Horizonte na quarta! Não tem como marcar antes? Eu preciso desse exame o quanto antes" disse o Arcanjo. "Então na terça-feira, 14:30". Subiu pra casa puto de raiva com a secretária "Mas fazer o que... essa vaca num tem culpa, mas se eu perder a vaga por conta desse exame eu mato essa maldita". Comprou um cigarro, e terminou de subir pra casa.
Tentou ligar para Janaina, mas não conseguiu. "Bom amanhã eu ligo pra ela, e informo sobre o exame." E agora o arcanjo se encontra faminto, mas precisa fazer jejum pra poder fazer exame de sangue na manhã seguinte. Apesar de faminto, ainda estava eufórico: "É Arcanjo, você não disse que gostaria de ir pra Belo Horizonte? Cuidado com o que você deseja Arcanjo, parabéns você conseguiu!"

Pois é... esses próximos dias vão ser corridos. Bateria de exames pra fazer, documentos pra correr atrás, papeladas para assinar, enfim... uma verdadeira correria, mas morrendo de felicidade.
Apesar de ainda não conhecer Belo Horizonte, eu to super feliz de não terem me mandado pra uma cidade pequena. Já que não me mandaram trabalhar aqui, que seja uma cidade legal. E pelo que ouço falar, vou adorar a minha capital.
E é isso, como não sei como vão ser os próximos dias, talves eu fique um tempo sem poder postar, mas é por uma boa causa. Beijos a todos!

PS.: Hoje excepcionalmente as fotos são do que espero que seja meu novo lar.




 
;