14 de mai de 2009

Muito barulho por (quase) nada

Era horário de almoço, e bem na mesa da frente se encontrava um verdadeiro deus grego. Aproximadamente a minha altura, um cabelo castanho cacheado passando da hora de cortar, mas muito bem arrumado, ondulado. Usava uma blusa preta, e uma camiseta verde por baixo, aparentando esconder um corpo lindo, e provavelmente um lindo abdomen de tanquinho. A calça Jeans com bolso em uma das pernas. E que pernas... Um rosto angular, com aqueles olhos castanho médio, uma boca perfeita. Nesse momento trazia um garfo bem servido com macarrão. Como desejei que a outra ponta do macarrão estivesse no meu garfo, pra repetir a cena clássica de "A dama e o vagabundo". Uma boca linda, com uma barba por fazer, que seria capaz de me deixar completamente embriagado nos beijos. Após comer o macarrão, uma nova garfada na salada, um pedaço de palmito. Qual seria o tamanho do palmito dessa divindade? (OMG! Quanta pornografia)

Me trazendo de volta a realidade, minha mãe me pergunta alguma coisa qualquer, e eu luto pra disfarçar minha breve viagem do Olimpo de volta ao mundo mortal. Estava de volta a praça de alimentação daquele Shopping. Onde será meu novo local de trabalho. A semana foi bastante corrida... Desde a quarta feira da semana anterior, que fui convocado pro meu novo emprego que passei por uma correria imensa. Uma bateria de exames admissionais, exame demissional, correria em fóruns, cartórios e médicos pra poder terminar a parte burocrática dessa mudança de fase.
Na segunda feira, no ministério do trabalho o cara da contabilidade, que iria comigo fazer a minha rescisão era um cara com quem ja havia ficado antes. Ficado não... foi a primeira vez que passei a noite com um cara. Estava até bem apresentavel, se percebesse que rolaria alguma coisa de novo, não desperdiçaria. Mas não rolou, ele lembrou de mim, foi bastante simpático, conversou numa boa, mas não tocou no assunto. O melhor foi a reação da Lê, que havia ido comigo ao ministério, que eu ja tinha ficado com ele: "Bem que eu vi mesmo que ele tava te medindo de cima abaixo... É Arcanjo, vc realmente sempre com bom gosto..."
Terça feira depois do ultimo exame não consegui ligar em BH pra obter mais informações sobre minha ida, então fui arrumar as minhas coisas, preparar a mala com as roupas novas pra viagem na quarta de manhã...
Que viagem cansativa... Se ao menos o aeroporto daqui funcionasse... meia hora estava lá...
Mas enfim cheguei a Belo Horizonte, compareci ao meu futuro ambiente de trabalho, e fui elogiado pelo entusiasmo demonstrado, mas nesse dia iria apenas realizar mais um exame. Me falaram que vou passar por um treinamento, mas QUE NÃO SERIA IMEDIATO. Traduzindo: Corri como um louco uma semana inteira, achando que já fosse começar o trabalho, mas fui apenas pra fazer o exame.
Mas foi bom conhecer (?) um pouco de Belo Horizonte, apesar de nos perdermos pra voltar pra minha cidade. Já deu pra ter uma ideia do que vou passar, e consegui ter uma certeza: EU VOU ADORAR!

PS.: MALDITO CELULAR QUE NÃO TIRA FOTOS!!!!






2 comentários:

Jason Waider disse...

Amigo...
Bom saber que tudo ta indo legal...
Obrigado pelo carinho e amizade e fidelidade no seguimento de minha história. E vê se compra um celular novo...kkk q tire fotos huahuahuhuahuah

JuNiNhU disse...

Engraçado como existem pessoas que hipnotizam a gente né...

O pior é quando só a aparência atrai. Abre a boca e pronto. Afffff

Beijoss e obrigado pelo ¨elogio¨

ahahahahhahhaaha

 
;